domingo, 30 de dezembro de 2007

vida corajosa


esse poema veio parar em minhas mãos através do flávio venturini.
foi assim: o kimura schetino, com toda a sua dificuldade para lidar com computadores e etcs, e como parceiro e muito amigo do flávio, tinha que fazer uma comunicação com ele lá no rio, para envio de letras, poemas e abraços, e isso estava sendo feito pelo meu comp. então durante algum tempo fizemos um saudável intercâmbio de poesias. esse "vida" que o flávio nos enviou, foi uma felicidade tremenda. foi enviado a todos os amigos do mailing e acabou se incorporando à minha obra.
a música, eu tinha um tema que não sei de onde surgiu mas vinha me acompanhando desde a adolescência, uma frase que, já maduro, eu sempre perguntava a alguém se a conhecia, nunca achei ninguém que não me falasse de mil músicas, mas nenhuma era ela. no cavaquim desenvolvi essa frase musical e posteriormente fui trabalhando-a junto ao poema.
pra gravá-la, optei pela tônica minimalista do cd anterior, o "joão, gilberto e clarisse". só voz e dois cavaquinhos, e gravei sozinho os dois cavacos, o primeiro fazendo a harmonia meio que solada, e o segundo já com uma distorção misturada a um uah-uah faz a massa sonora necessária, pois além da suavidade teria que dar um efeito grandioso e até dramático para que as palavras do poema tivessem seu eco visual.
abaixo um vídeo caseiro dessa faixa:
video
também o mp3 está disponível no mediafire: http://www.mediafire.com/?j7szolaxc1et7bk

Nenhum comentário: