quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

papelaria - um mais um é igual a cinco. leonardo maciel e gilberto de abreu

folder 22x32cm. para a exposição um mais um é igual a cinco. gilberto de abreu e leonardo maciel. fotos eliane torino, feli e cristiano quintino. texto apresentação fernando tavares
em outubro de 89, eu e o leo o maciel fomos com vários de nossos trabalhos pra ribeirão preto (sp), diretamente pra itaugaleria para inaugurarmos a nossa exposição em dupla. foi muito boa nossa exposição e a nossa vivenciada por uns 3 dias pela cidade.
na volta paramos em são paulo, nos hospedamos de visita no 'tumbão' do zara ficando mais uns 3, 4 dias vendo a bienal e a noite paulistana, já que o tumbão do zara era bem no centro da pauliceia.
na bienal tinha algumas coisas muito legais mas também havia coisas esparsas e sintonizadas numa mesma corrente, muito apelativas. pela primeira vez me deu uma raiva estranha daquilo tudo ali.

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

momento coleções - amorosa e casal ligado


acima casal ligado óleo sobre tela, 22x28cm 2011. mais acima amorosa 22x28cm 2011. ambos coleção flávia d lanna

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

papos no facebook


 tava tão doido que ouvi perplexo, através do alto falante de um carro que passava em frente a minha casa: 'maconha quentinha, maconha nunseioque verde'. putz, era 'pamonha quentinha, pamonha e mingau de milho verde'. puxa vida, ó o carro da maconha passando na sua rua, pamonha, ih, pirei. já pensou?



Maria Eduarda – kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk....
Maria Eduarda – saísse correndo   kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Zezé Freitas – Arrasou!
Renato Negrão - machonha quentinha é aquela que ja vem acesa. delivery pra caramba, só você mesmo gilberto, rs
Lucimar Rosa - Rachei os bicos seu maluco beleza, muito bom! Rsrsrs....
Gilberto - caramba, porum momento assim, a coisa ficou meio... a realidade. aiaiai, muito engraçado
Luciana Mota - maconha, maconha, maconha...uma delícia de maconha !!! O carro da maconha está na sua ruaaaaa !!!!
Gilberto – ahahaha...acho melhor voltar pras minhas pinturas.
Luciana Mota – hehe, acho melhor voltar pra minha maconha...ops, digo, pamonha !
Gilberto – javí que o carro passou por aí.
Mara Moraes - Gilberto, ri muito aqui! moro em Campinas. em Piracicaba, tem pamonha famosa e muito boa. mas aqui, passa o carro anunciando" pamonha, pamonha quentinha de Piracicaba" . e tem curau de milho verde. vcs falam mingau, será? Abraço
Gilberto - em piracicaba tem uma boa? que legal. é, aqui a gente (o do carro principalmente), fala mingau
Marcela Cunha - adorei...
Rosely Pissolati – peça raraAA!!!!bjo.
Mazza Carvalho - Beto...kkkkkk...Esta é boa para circular na net.Tem tanta piadinha boba aí q faz sucesso ...Não conhecia este s/lado...
Renata Martins – kkkkkkkkkkkkkk, que delíiiicia, Gilbertinho...
Valentina Pires – hahahahahahaha só vc mesmo. Saudade
Joselio Teixeira – ummm, e se for uma visão??? De um futuro, próximo...???
Lívia Bastos – kkkkkkkk Essa foi ótima Gilbertinho!
Angela Leão - rssss.,, a marcha da maconha,reprimida em varias cidades por onde tem passado, virou agora a marcha da pamonha...ouvi hj isso pelo rádio..e agora vc viaja na pamonha...peça rara,
Eduardo Lima – Viva a pamonha. Descriminalizem a pamonha!
Thaty Mariana Fernandes – Piracicaba é o maior centro produtor dessa perigosa droga.
Dora Prado – kkkkkkkkkkkk...sem comentários.
Mauro Brandão – kkkkkkk... Se tiver doidão, ouve mesmo!!!
Nadine Chiquiloff Torres – a gente ouve o que quer ouvir... só vc messss gilbertin!
Patrícia Carixto – quáquáquá... quem sabe esses tempos estejam chegando...rsss
Djalma Januário – ta perto...
Lívia Oliveira - kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...ADOOOOOOOOOOORO vc sabia! meu papai doido...rs! Muita saudade! CARINHO! Netinha Clara manda beijos.
Mauro Brandão - Como diz Bezerra da Silva: Não tem flagrante porque a fumaça já subiu pra cuca... diz aí.
Jayme Reis - Quem sabe qualquer em um futuro proximo não ouviremos este carro?
Lucienne Vianna - kkkkkk....vce tava doido e meio pamonha ne?cuidado com isso....So voce mesmo......kkkkkkkkk.Sudades....viu? Manda noticias ....
Nina Rodrigues – Só vc mesmo, o resto é folclore!!!kkkkkkkkkk
Rogeria Brant Vilanova – rsrsrsrsr,oh,gilbertinho....
Gilberto - um dos efeitos do trem é no tempo, parece que o tempo entra numa espécie de distensão, então quando ouvi amplificado, 'maconha quentinha' assustei 'maconha (de novo!) na minha perplexidade nem ouvi a outra palavra ..verde.' na câmera lenta sonora em que eu ouvia aquele reclame, antes de cair a ficha, me lembro da vontade de saberque maconha era aquela quentinha e alguma coisa verde
Gilberto - ah! esse carrim nunca mais vai passar impune na minha rua, vai levar algumas risadas minha
Carlos rodrigues - Beto cabeça rara... Belo espírito e belo gênio,sem fé sem honra e sem virtudes. "Despojado de todos os valores da mediocridade"
João Carlos Mendonça – Betho, onde está weiss
Marcelo aguiar – kkkkkk
Fernando Araújo - Gilberto,já pensou o bagulho amarrado em folha de milho,daquele tamanho e cheio de manteiga...difícil vai ser acender
Irene Bueno Lobato - Até o Fernando Henrique quer descriminalizar....Já está pensando na próxima eleição. Espertinho ele, né?
Carlos Rodrigues - Beto dia três foi aniversário do nosso grande amigo o Carlinhos Jacare.
Lucienne Vianna - amarrado em folha de milho cheio de manteiga foi muito bom! kkkkkkkkkkkk.Gilberto tem uma sensibilade genial! Meu amigoooo.....do coraçao!
Carla Piancastelli Ramos – Isso é que dá ficar na seca.
Gilberto - gente, soltei altas gargalhadas com esses papos aqui, muito bom, valeu demais
video

casal ligado






óleo sobre tela, 22x28cm. 2011.

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

poemas para um pintor (7)







óleo sobre tela em relevo, 54x68cm, 2011. da série poemas para um pintor, que são quadros feitos a partir de tubos de tinta vazios, pinceís gastos; sobras da realização de um quadro. veja o processo aqui mesmo pelo post de 24 de março de 2001, ou através do link a seguir: http://gilbertodeabreubr.blogspot.com/2011/03/poemas-para-um-pintor-o-processo.html

terça-feira, 15 de novembro de 2011

terça-feira, 26 de julho de 2011

refresco - ouro preto

eu, o tito e a lis fomos recebidos com a velha e boa hospitalidade mineira em ouro preto, foi muito bom sentir isso. aproveito pra agradecer aqui no papel elétrico, em nome dos dois também, aos habitantes desta querida, histórica e turística ouro preto.
foto: sérgio gabriel domingos

segunda-feira, 25 de julho de 2011

rua bastos 45 (6)

pintando o painel lua da cidade (5x8 metros), para cenário dos shows do toninho horta, início dos anos 80.
foto: míriam abreu

quinta-feira, 14 de julho de 2011

papelaria - construtivismo pop

folder 38x14cm (aberto)realizado para a mostra construtivismo pop na galeria de arte telemig, em maio de 1996.
arte gilberto e mário suarez. editoração isabel lacerda
quadro construtivismo pop 40x40cm óleo e terra sobre tela. coleção marcus vinicius
foto luciana tonelli

terça-feira, 12 de julho de 2011

papelaria - montes claros em foco

desenho ecoline sobre papel fabriano; josé rafael, o guerrilheiro do chapéu flutuante usado por geraldo machado, à época editor da revista, na capa da sua montes claros em foco. o saudoso geraldo ressussitava a velha moc em foco, e essa foi a número dois do ano xxx, em 1986.

segunda-feira, 4 de julho de 2011

emoção silenciosa

esta hq foi feita pra publicação do álbum em quadrinhos meia sola. o ano era 1977. eu , humberto guimarães, luis maia e marcos benjamim em um núcleo, roberto wagner, weiss e gazineli noutro, começamos a fazer uma revista, e a ela se juntaram mário vale, eimir magalhães e sérgio schieber. o roberto trabalhava na cordel, editora do mário drumond e do nem de tal.
a meia sola acabou saindo pela cordel, numa estratégia maluca de marqueting, indo pelos correios, acho que na intenção foi driblar as distribuidoras e outros empecilhos (1977).
emoção silenciosa hq num formato meio diferente, até então para mim, pois ela começava com 12 quadrinhos, passava para 4, pra 2 e terminava num só quadrinho de página inteira, e trouxe no seu conteúdo um assunto meio tabú em 77. queria eu mexer um pouco com as coisas... hoje, 34 anos depois, emoção silenciosa continua atual, e acho que o será ainda por muito tempo, não como contestação como em 77, mas sim como costume.

quinta-feira, 30 de junho de 2011

fernando sabino e alfred hitchcock



fotogramas de um encontro até então, pra mim, inusitado; fernando sabino na casa do sir alfred hitchcock. aqui sendo recebido pelo cineasta e nos 3 últimos  fazendo a iluminação.
estou compartilhando aqui com os frequentadores do papel elétrico.
fotogramas cedidos gentilmente por bernardo sabino.

segunda-feira, 27 de junho de 2011

papelaria - vibrações luminosas

cartaz convite da exposição vibrações luminosas realizada na sala de exposições do banco central em brasília, no ano de 1985.
tamanho: 45x29 cm, e fechado 15x29cm. esta peça gráfica foi criada e executada pelo departamento de administração de recursos materiais do banco central, brasília df